Se você acompanha este blog há algum tempo já deve ter reparado o quanto nós defendemos as viagens pelo Brasil né? É muito lugar pra ser explorado. São mais de 9mil km litoral, chapadas, metrópoles, florestas gigantescas, cachoeiras, quedas d´água, lugares para mergulho, festas e festivais comemorativos, culinária riquíssima, cidades históricas e coloniais, dunas, falésias, museus, lagoas, rios, enfim é tanta diversidade que é até difícil de listar!

Cada vez que visitamos um lugar da nossa bucket list surgem mais duas ou três novidades que acabam entrando na lista… O Brasil, definitivamente, é um país para se perder e revisitar em diversas ocasiões.

E pra facilitar sua próxima viagem (e aproveitando pra organizar um índice por aqui) escrevemos este post que contém uma dose incrível de referências para você se preparar para as próximas férias. Tá esperando o quê pra sair da casa?


 

Região Norte

omenafotografia (5)

A Floresta Amazônica é simplesmente encantadora

Começando lá por cima, a marca registrada da região é a Floresta Amazônica e sobre isso temos várias boas histórias para contar. Quem quiser o basicão de Manaus é só clicar aqui que tá tudo mastigadinho.

Para uma experiência mais imersiva na Floresta, a gente super indica/recomenda a visita a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá. É simplesmente fantástico ficar hospedado num hotel flutuante na curva do rio que está a 1h30 de Tefé. E não deixe de ler também os relatos do Gabriel (1,2,3) e da Camila.

Ainda não tivemos a oportunidade de conhecer Belém e a Ilha de Marajó, mas já deixei separados aqui na manga estes posts da Matraca que dão vontade de pegar o primeiro avião para .

alter

Isto é Alter do Chão, senhores!

Já imaginou como seria a mistura do Caribe com a Amazônia? Então você precisa conhecer Alter do Chão, no Pará.

E pra quem quiser um roteiro um pouco mais aventureiro, vale a pena explorar o Jalapão! Estivemos lá no natal de 2013 e o saldo foi bastante positivo. Confere só:

As dunas são o cartão-postal do Jalapão

As dunas são o cartão-postal do Jalapão

Jala-o-quê?
A experiência da Korubo
Cheguei no Jalapão e agora?
Um trekking na chuva
O mar morto é aqui
Canoagem no Rio Novo
As dunas do Jalapão
Cachoeira da velha e o fim da viagem no Jalapão
Palmas, aqui sou mais feliz


 

Região Nordeste

Certamente, a região mais abençoada no quesito litoral. Olha só a escalação: Jericoacoara, Praia de Carneiros, Trancoso, Praia do Espelho, Canoa Quebrada, São Miguel dos Milagres, Boipeba, Morro de São Paulo, e por aí vai. Fica difícil não fazer a associação mental imediata entre praia e nordeste, né? É tanta praia boa que vou até colocar as sandálias pra continuar a escrever hehehe

DSC_1906

Lençóis Maranhenses visto de cima

Querendo visitar os Lençóis Maranhenses, dê uma olhada nos posts abaixo:
Lençóis Maranhenses, vamos nessa?
Onde ficar nos Lençóis e umas figuraças que conhecemos pelo caminho
Dicas úteis pra visitar os Lençóis
5 Passeios Top
Atins, em busca do camarão de ouro

Jericoacoara é um daqueles paraísos pra ficar descansando sem preocupação. Se bem que o VnV recomenda ir logo antes que ele acabe.

DSC08692

Noronha, a definição do paraíso

Falando em paraíso, ainda não visitamos um lugar que se encaixe mais neste definição do que Fernando de Noronha. A ilha é cara, beeem cara mas vale cada cafezinho economizado. Difícil não sair de lá transformado. Confere só:
Fernando de Noronha: onde, como e quanto
Sancho, a melhor praia do mundo
Aqui no mar, onde nasci
Sobre tartarugas e tubarões
Plana-sub, a alegria da garotada
Au-au, muito prazer!

 

IMG_4349

Centro antigo de Recife

Pertinho dali (talvez dê até pra combinar as duas viagens), Olinda e Recife nos trouxeram agradáveis surpresas. Tanto gastronômicas quanto culturais.
As surpresas de Recife
Onde comer em Recife
Cais do Sertão, o mais novo e incrível museu de Recife
O impressionante acervo do Instituto Brennand
Não perca: Museu-oficina Francisco Brennand
Olinda

(Pena que algumas viagens que fizemos pré-blog não ganharam posts. Sinto que ficamos devendo posts de Salvador, Natal, Porto de Galinhas, Comandatuba, Morro de São Paulo…quem sabe um dia…)


 

Região Centro-Oeste

A Catedral Metropolitana por fora

A Catedral Metropolitana por fora

O meião do Brasil guarda belos cenários como as Chapadas de Veadeiros e Guimarães, o pantanal mato-grossense e Bonito (viagem já marcada pra 2016), além do DF e da simpaticíssima Pirenópolis.

Pegue carona com a gente quando decidimos visitar o Parque Nacional de Veadeiros no dia mais quente e seco do ano, ui!

IMG_1673

Brasília é uma cidade que deveria ser visitada por todo brasileiro ao menos uma vez na vida. O turismo cívico é super importante para melhor compreensão dos mecanismos que regem a sociedade brasileira. E o melhor os tour pelas casas do poder são totalmente gratuitos. Mas nós resolvemos dar um rolé diferente em BSB pedalando uma bike.

Pertinho de Brasília e de Goiânia, Pirenópolis é uma cidade lindinha, mega-agradável para passar findes ou tirar um tempinho relaxando e aproveitando as cachoeiras locais. O calendário da cidade é animado ao longo do ano e nós resolvemos visitar a cidade durante a festa das cavalhadas – já ouviu falar?

Ainda na meiuca brasileira, outro lugar que algum tempo chama muito a nossa atenção é Nobres – se liga só no relato da Raquel – tá super na bucketlist para ser desbravado!


 

Região Sudeste

Sabe aquele ditado: casa de ferreiro, espeto de pau? Já fomos zilhões de vezes a SP, moramos no Rio mas nada disso vira post porque é tão de casa que acabamos deixando de lado. Enfim, vamos corrigindo isso aos poucos.

Aqui no blog já contamos uma visita muito legal que fizemos as fazendas da época do Brasil Império no interior do estado do RJ.

Visitamos o mega-combo de museu+parque+jardins que é o Instituto Inhotim, um lugar definitivamente pra se conhecer no Brasil! É um acervo incrível e tudo muito bem concatenado para  ampliar aquele efeito uau!

E há ainda toda a extensão da Estrada Real que começa em Diamantina, bifurca em Ouro Preto descendo por um lado para Paraty e outro para o Rio de Janeiro. Já percorremos diversas partes dela, somos fãs de carteirinha dessas cidades coloniais com calçamento pé-de-moleque. E nesse quesito, Ouro Preto realmente brilha pelo conjunto da obra.


Região Sul

Fechando nosso tour brasileiro, a região Sul oferecer várias opções interessantes. Aqui no blog, temos uma boa dose de informações e pitacos para quem quiser visitar Gramado, a região do Vale dos Vinhedos em Bento Gonçalves e ainda uma série especial sobre Blumenau durante sua festa mais famosa, a Oktoberfest. Vamos lá?

Primeira parada: Gramado. Vou te falar que é difícil voltar de lá em paz com a balança, mas a barriga agradece :) E, pros momentos entre refeições, ainda há bastante opções de lazer.

Não muito distante dali, está a cidade de Bento Gonçalves aonde está o maior pólo produtor de vinhos do país e outros derivados da uva também. Tendo tempo, é bem fácil conjugar a viagem de Gramado com Bento. Nós fizemos duas viagens separadas, dedicando um bom tempo para conhecer o Vale dos Vinhedos e suas vinícolas. Em tempo, ficamos numa pousada excelente e pra quem está viajando em família, vale a visita no circuito Caminhos de Pedra, nos arredores da cidade. E pra fechar a conta, dá uma olhada nas 5 vinícolas que mais chamaram nossa atenção.

E, fechando temporariamente este post (porque com certeza ele será atualizado ainda várias vezes), temos Blumenau. Estivemos lá durante a Oktoberfest de 2014. Foi uma viagem marcada em cima da hora, e por isso acabamos ficando num lugar horrível, mas nada que atrapalhasse nossa animação dentro e fora do pavilhão da festa.


 

Isso é tudo pê-pê-ssoal, por hoje é só! Mas add este post ao seu bookmark porque ele é vai crescendo ao longo do(s) ano(s).
E se quiser tirar alguma dúvida ou tiver comments, é só escrever pra gente nos comentários logo abaixo.

Valeu, galera!

 

 

Escrito por Claudio Lemos