mionetto

Já pode estourar a champa?

Já começou a fazer seus planos pro réveillon deste ano?  Que tal considerar uma viagem a um lugar mágico, com clima agradável, povo festivo,  onde a festa ocorre com tranquilidade e segurança? Sim, esse lugar existe e é pertinho do Brasil.

Chega mais e confira como foi nosso réveillon em Cartagena de Las Indias!

A primeira coisa que posso falar é: se jogue em Cartagena! Simplesmente vá! Não dá para ser mais direto que isso. A cidade é encantadora. Mágica mesmo. Não é a toa que o Gabo a escolheu para morar e escrever seus contos de realismo fantástico. A cidade inspira para dizer o mínimo. Eu e a Claudia passamos nosso último réveillon por lá. E se dependesse só de mim, voltaria lá este ano para repetir a dose. E por quê? Bem, continue lendo.

Como é o Reveillon em Cartagena

A Cartagena turística fica dentro da cidade murada que está localizada pertinho do aeroporto. Chegar lá de táxi é fácil e barato. E uma vez dentro da cidade murada, você vai fazer tudo a pé. Perca-se pelas ruazinhas de casas coloridas com bougainvilles debruçadas sobre as sacadas. Peça uma limonada de coco para combater o calorão da tarde. E não deixe de comer frutas nas barraquinhas das palenqueras com suas roupas vistosas.frutas

limonada

Frutas e limonada de coco: armas pra combater o calorão de Cartagena

A cidade murada tem o tamanho de um bairro e é perfeita para o bate-perna. Em cima do muro, o point mais óbvio é o Cafe Del Mar. Durante o réveillon, eles praticam um esquema de reserva de mesa, como se fosse um camarote. A reserva é cara e seca. Não inclui nem uma bebidinha sequer. E claro que não permitem que você traga sua garrafa de espumante pra comemorar. Eles cercam o lugar e colocam seguranças para evitar penetras.

cafedelmarreveillon

A multidão reunida ao redor do Cafe Del Mar no reveillon de Cartagena

Não me pareceu um deal interessante, pois você acaba ficando restrito aquele lugar e aqueles preços. Ainda assim o lugar bomba. Porém, o muro é democrático e espaçoso. Dá pra ficar nos arredores do Cafe Del Mar, levando sua própria bebida como nossos réveillons em praias brasileiras numa boa, sem pagar nada mais por isso.

Ainda em cima do muro, próximo ao Hotel Charleston, é montado um palco com um mega-telão para show da virada. Ano passado rolou a canja maneiríssima do Carlos Vivés, um cantor colombiano bem famoso por lá. Traduzindo pra nossa realidade, seria o equivalente a um show do Lulu Santos ou Frejat. As pessoas nas ruas sabiam as letras e cantavam junto direto. O entorno deste palco é o lugar que mais concentra gente no réveillon . Mas fique tranquilo. É mais fácil passar por essa multidão do que tentar cruzar um bloco de carnaval no Rio 😉

caminho cafe del mar

A concentração no entorno do Cafe Del Mar

 

malabaristas no Del Mar

E eis que surge alguém querendo aparecer na multidão :P

Pelas ruazinhas do centro histórico, os cafés e restaurantes também montam um esquema semelhante ao Café Del Mar. Todos vendem mesas antecipadamente. Alguns já oferecem o cardápio completo com bebidas e comidinhas incluídas. Em muitos deles, percebi também que a festa inclui algum tipo de DJ ou banda ao vivo. São músicos que tocam salsa, rumba e mais outros ritmos caribenhos bem animados.

muita musica

Muita música ao vivo. Bem animado :)

Queima de fogos nos muros da cidade

Pelo que puder perceber, o hábito por lá é curtir a festa da virada com amigos ou familiares reservando a mesa num restaurante. Os grupos normalmente ocupam seus lugares e ficam ali a noite, curtindo a musica ao vivo e bebendo. A festa mesmo ocorre durante na pré-virada, a partir das 20h/21h. É um esquenta animado. As mesas dos restaurantes são colocadas nas ruas e cercadas para que os convidados possam ter algum conforto. Sobra pouco espaço pros pedestres que vão e vem pelas ruas. Mas, de novo, se você já encarou qualquer bloco de carnaval, vai tirar de letra. Até porque as pessoas são bem educadas, não há empurra-empurra. Estão todos felizes e curtindo a noite.

noite cheia reveillon cartagena

As ruas ficam tomadas pelas mesas dos restaurantes com pouco espaço para os pedestres

reveillon pelas ruas de cartagena

É preciso se esgueirar pelas calçadas, mas não há empurra-empurra e nem confusão. Ainda bem :)

DSC_2886

A virada é coroada por uma queima de fogos que ocorre em diversos locais ao redor do muro. É linda! E, por ser espalhada, não há aglomeração desnecessária de pessoas num só ponto. Com as pessoas dispersas ao longo do muro e nas ruas de dentro da cidade murada, dá pra aproveitar tranquilamente a queima de fogos em vários partes de Cartagena. Querendo apreciar melhor os fogos, basta subir em alguma parte do muro para ter uma visão mais completa.

Os fogos vão surgindo ao redor da cidade murada. É lindo!

Os fogos estourando ao redor da cidade murada. É lindo!

Após a queima, os grupos começam a deixar os restaurantes. Entre meia-noite e uma da manhã ainda tem algum agito, mas após isso esvazia bem rápido. Lá pelas duas e meia, as ruas estão bem calmas. Claro que há uns poucos focos de resistência com uma galera beeeeem alcoolizada. Normal, né?

muro a noite cartagena

Lá pelas duas da manhã as ruas estão vazias…

Como foi nossa experiência

Nós não sabíamos que as ruas ficavam mais animadas no horário das 21h-00h. E como havíamos alugado um apê, fizemos uma ceia em casa com direito aos bons drink. Por volta das 23h, saímos com nosso espumante para buscar um lugar em cima do muro. Assistimos a virada próximo ao Cafe Del Mar, em meio multidão. Foi super tranquilo chegar até lá mesmo quase na hora da virada. Vimos também várias famílias que levam seu próprio picnic de reveillon com direito até a banquinho para poupar as pernas.

charleston a noite

O show mais cotado da noite ocorre num palco em frente ao Hotel Charleston

Carlos Vivés no telão

Carlos Vivés no telão

Passada a queima, descemos para as ruas do centro. Cruzamos o meio do show do Carlos Vivés e nos aventuramos em meio a multidão que estava ali. Íamos, literalmente, dançando conforme a música dos restaurantes e bares pelo caminho. Curtindo o vallenato, a salsa, a rumba, a cumbia e o que mais estava rolando de música pelo caminho. Interagíamos com os transeuntes, nativos e turistas, tirando fotos, rindo e bebendo numa boa. As vezes até ganhamos bebida de graça. 😀

Zuêra com transeuntes unlocked!

Zuêra com transeuntes unlocked!

É seguro?

Não vimos nenhum princípio de confusão, nem briga. O policiamento estava presente, mas parecia desnecessário. O clima de segurança era total. Levei minha câmera DLR a tiracolo e andei com ela numa boa. Até vimos alguns bebuns no caminho, mas eram todos da paz. Tranquilidade maste. Nada ali instigou a menor preocupação. Mas não é porque nosso relato foi esse mar de tranquilidade que você deve deixar de tomar algumas precauções. Lembre-se: o seguro morreu de velho. Não leve documentos importantes, nem muito dinheiro em espécie para não dar mole pro azar. De qualquer forma, fiquei realmente impressionado com a sensação de segurança. E o clima da festa é tão maneiro que já to me coçando para passar outro réveillon por lá.

DSC_2844

E aí, já está convencido? Passou reveillon fora do Brasil e quer dividir conosco?
Deixa um comentário pra gente lá embaixo :)

++++++++++++++++++++++++

Leia mais de Cartagena:
Cartagena, meu amor
5 Dicas Top pra curtir Cartagena
Hospedagem mágica em Cartagena
Encontrando o mar do Caribe em Cartagena

Escrito por Claudio Lemos