Estatua de San Martin
Centro da cidade


Nosso passeio pelo centro histórico de Lima começou na Plaza San Martín que tem uma enorme estátua dedicada a San Martín. A plaza abriga ainda o Palácio da Justiça, um

prédio bonito de se ver. Ao seu lado, caminhamos pela rua de pedestres que leva até a Plaza de Armas, o coração do centro histórico de Lima.


Mais uma da estátua de San Martin



A sinalização de rua em azulejos

Na Plaza de Armas estão localizadas a Catedral de Lima, o Palácio do Gobierno (sede da presidência peruana) e a prefeitura da cidade.


Palácio do Governo

Catedral de Lima

Fonte na Plaza de Armas

Acabamos não visitando a catedral, pois chegamos depois após o horário de visita, mas deu para ver a cerimônia da retirada da bandeira as seis da tarde pela guarda presidencial no portão do Palácio do Governo. No centro da plaza, há uma fonte bonita que rende umas fotos também. A plaza é super agradável de se visitar. 


Guarda presidencial



Pertinho da plaza de armas fica o Convento de São Domingo aonde fizemos uma visita guiada. Aprendemos um pouco sobre a história de umas figuras famosas no Peru (como Santa Rosa de Lima, San Juan de los Temblores), deu para perceber a influência católica peruana, bem contrastante com o que viríamos a ver em Cusco e seu passado Inca. 


Por dentro do Convento de São Domingo

O claustro principal

Detalhes dos azulejos que vieram da Espanha

A Torre de 45m permite vistas panorâmicas, com acesso pago

A biblioteca do convento

Uma bíblia ainda em latim

Detalhes do coro da Igreja todo em cedro panamenho entalhado


O mais caricato é que fizemos a visita guiada inteira crente que estávamos visitando o Convento de São Francisco que também fica nos arredores da Plaza de Armas e cuja planta baixa é quase idêntica ao de São Domingo.

Na verdade esse era o convento que eu pensei que estivesse visitando…

Atrás do Palácio do Gobierno, fica o Parque Rímac que estava animado no sábado. Com feirinhas de comida, apresentações nos mini anfiteatros a céu aberto. Achei bem simpático andar por ali e olhar os locais curtindo seu sábado. 

Limenhos dançando no Parque Rímac


Escrito por Claudio Lemos