sign metro dubai metro

O sistema de transporte público de Dubai não me pareceu ser muito funcional não. Como já escrevi, é uma cidade feita para quem tem carro. Embora tenha visto vários pontos de ônibus que são uma cápsula com ar condicionado (mais uma das extravagâncias da cidade), em momento algum eu vi um ônibus propriamente dito.

Já o metrô Dubai possui apenas duas linhas. Uma principal que é uma grande tripa ligando desde o aeroporto até os confins da Sheik Zayed Road e outra que faz um círculo na região mais antiga da cidade e perto de downtown Dubai. O metro tem algumas particularidades bem interessantes, a começar pelas estações que me faziam lembrar imediatamente da cabeça do Alien, o oitavo passageiro. Como a maioria das estações fica ao longo da Sheik Zayed Road, uma avenidão com 10 faixas (cinco em cadas sentido), sempre havia uma passarela para pedestres para interligar os dois lados da rua a estação. Todo o trajeto, obviamente contada com ar-condicionado, afinal é Dubai certo?

As estações e os trens são bem limpos e novos. A compra de passsagem pode ser feita por tótens de auto-atendimento ou no guichê. Tentei fazer a compra no totém mas não achei ele claro o suficiente como aconteceu em Cingapura ou Kuala Lumpur. Dubai tem um sistema de zonas no metro e eu não havia me informado sobra nada disso, portanto acabei indo no guichê. As plataformas possuem aquele sistema de porta-dupla que impedem o acesso dos passageiros aos trilhos e só se abrem em conjunto ao dos vagões quando os mesmos chegam na plataforma. Os trens tem vagões todos abertos e interligados, para facilitar o fluxo de passageiros. A curiosidade é que em Dubai não há motoristas pilotando o metro, o sistema é todo automatizado e à distância.

Escrito por Claudio Lemos