Ainda guardo com carinho na memória o abraço mata-leao que dei numa llama quando visitei o Peru. Mas imagina se vou me arriscar a dar um abraço num leão? É ruim hein! Mas no caminho para o Cabo da Boa Esperança há uma praia chamada Boulders Beach aonde há – entra música de suspense – penguins!!! Taí um bicho tão desengonçado e engraçado quanto as llamas. A corridinha do penguin é muito ridícula, dá vontade de por o bicho para correr só para dar risada dos passos tropegos dele. Na colonia é possível ficar a menos de 2metros do penguin, e apesar dos avisos de não alimentar e nem tocar os animais, não existe um controle severo em cima disso. Comecei a me aproximar do bicho com calma, mas ele ia me dando umas olhadas meio sinistras e virava o pescoço de cabeça para baixo. Super esquisto. Fiquei bem uns 15min tentando me aproximar e tal, mas toda hora que ficava mais próximo o bicho corria ou então me dava esse olhar meio maluco. Aí, com muita dor no coração, acabei desistindo de tentar abraçar o coitadinho.
Eu perseguindo um pinguim na praia
Escrito por Claudio Lemos