Saí de Lima com a impressão ainda há um bom caminho a percorrer no que se refere ao turismo. A mobilidade urbana não é das melhores. Lima tem um trânsito caótico, os ônibus são pequenos e velhos. Pegar táxi é uma chateação constante. 





Não vi metrôs nem trens na cidade. O aeroporto é confuso, mas não tanto quanto o de Cusco. O serviço em geral é lento, embora as pessoas sejam bem simpáticas. Não fiquei exatamente com vontade de voltar a Lima, mas também não descarto totalmente pois a comida é realmente um ponto alto na cidade. E me surpreendi também com a limpeza das ruas. Nessas horas que a gente acaba percebendo como brasileiro é porco mesmo. Aqui em Lima, tirando folhas caídas vi pouquíssima sujeira nas ruas. Ja já começo a falar da sequência da viagem: Cusco e Machu Picchu. Stay tuned!
Escrito por Claudio Lemos