Gare Du Nord

Gare Du Nord

Escolher um hotel bem localizado em Paris pode fazer toda a diferença na sua viagem por lá. Da primeira vez que fomos, ficamos num Ibis próximo a estação Colonel Fabien no 10 arrondissement. Só que naquela época o Canal Saint Martin ainda não estava hypado e o lugar tinha um quê de esquisito, parecia meio inseguro. Bem que gostaríamos de ficar em Saint Germain. A gente sempre tenta porém acaba sempre esbarrando na questão orçamentária, pois os hotéis por ali são caríssimos.

A nossa passagem por Paris foi curtinha dessa vez. Ficaríamos três dias inteiros (duas noites) chegando de trem na Gare Du Nord, a mesma estação daonde o trem pro aeroporto Charles De Gaulle (CDG).  e teríamos que deixar as malas no hotel enquanto passearíamos no nosso último dia, por isso achamos melhor ficar ali mesmo nas redondezas da Gare du Nord. Sendo bem sincero, não é uma região interessante pra ficar hospedado, mas é bem conectado via metrôs.

Depois de ler os reviews no Tripadvisor, desistimos de ficar no Mercure em frente a estação e escolhemos o Libertel Gare Du Nord Suede que fica uma quadra e meia de distância da estação. O hotel é bem conveniente pra quem chega ou sai de Paris pela Gare Du Nord. É novo e está com tudo funcionando direito.

hotel suede

Entrada do hotel (foto: Google Street View)

 

gare du nord

O quarto é pequeno, porém funcional.

 

IMG_5897

IMG_5900
Gostei da cama, porém o quarto é pequeno pra duas pessoas. Principalmente se tiver com muita mala. Como ficamos duas noites apenas, foi um excelente custo-benefício pra situação. Caso ficasse mais dias, procuraria outro lugar. Quase em frente ao hotel havia uma farmácia que tinha preços bem mais em conta do que as outras que passamos em outros bairros. A Claudia conseguiu umas pechinchas boas com produtos da La Roche, Avene e afins.

farmácia

“Prix justes”. E não é que o preço era justo mesmo? (foto: Google Street View)

 

Escrito por Claudio Lemos