Ok, já de para ver que Gramado foi uma orgia gastronomica, mas não é só isso que a cidade tem a oferecer. Como já comentei, chegamos na cidade bem no meio do Festival de Cinema de Gramado que estava comemorando 40anos nesta edição. Não tava nem um pouco no clima de festiva de cinema, é aquela história de casa de ferreiro, espeto de pau…Tendo trabalhado em cinco edições de festival de cinema no Rio, já to mas que saturado desse universo, portanto deixei de lado a região da Rua Coberta/Palácio dos Festivais e fui curtir as outras opções de lazer da cidade.

Pedalinhos no lago Negro

A mais icônica é sem dúvida o Lago Negro, que é lindinho e permite uma ótima caminhada ao seu redor. É bem agradável e nem cansa. Dá até para alugar pedalinho e curtir um romance.

Outra atração também conhecida de Gramado é o Mini-mundo um museu (?) de maquetes tamanho extra-large. É bem divertido passear pelas mini cidades, ver prédios famosos em escala (não tão) reduzida. E a organização ainda disponibiliza um jornalzinho que te permite acompanhar os eventos que acontecem com os moradores destas mini-cidades.

Mini Mundo

A menos que você esteja viajando com crianças, fuja correndo da maior roubada da cidade que atende pelo nome de Aldeia do Papai Noel. O lugar cobra um ingresso caro para entrar, mas em compensação (not!) te oferece toda a infraestrutura  de parque natalino temático tosco e abandonado. Sério, todos os minutos em que passei dentro do lugar fiquei me rasgando por dentro por ter gastado dinheiro e tempo com essa “atração”.

Toscaria garantida!

Outro grande highlight de Gramado é…Canela. Nem adianta dizer que é outra cidade, porque na verdade para quem mora em cidade grande, a distância não é maior que 3 bairros. A rua principal de Canela termina numa linda igrejinha estilo gótico que a noite recebe um show de iluminação. São diversos tons de luz que ficam mudando o tempo todo. Mó barato. E sem contar que ali pertinho tem a melhor cheesecake do Brasil, no Emporio Canela. Se não for a melhor, com certeza é o melhor custo-benefício. A fatia era apenas R$5,90 (Outback, chupa!). Nos arredores de Canela, pode-se visitar ainda o Parque Caracol que é bonito e tem uma cachoeria linda (um doce para quem acertar o nome).

Cachoeira Véu de Noiva no Parque Caracol

Iluminação na Igreja de Canela

Bom, isso foi um bom resumo do que visitei. Além disso havia ainda o Mundo a Vapor (uma espécie de museu/exposição dedicado ao mundo ferroviário), o Museu de Cera (ao estilo do Madame Tussauds), o Harley Davidson Moto Show (que me pareceu uma grande roubada) e o Supercarros (aluguel de Ferraris, Porsches, etc para quem é aficcionado por carros, vale o investimento).

Escrito por Claudio Lemos