Assim como o transporte, a comida em Londres não é exatamente barata. Mas dependendo do nível de exigência da sua fome ou da sua carteira voce vai encontrar opções baratas e acessíveis sim.
O prato mais típico da Inglaterra é o Fish and Chips, que nada mais é do que peixe com batata frita, mais sem graça impossível. Ainda assim, como bom turista resolvi comer o tão falado prato típico das terras da rainha. O peixe em si lembra o filé que vem dentro do McFish, mas pode ser um pouco mais parrudo dependendo do restaurante. Eu provei o fish and chips em tres lugares diferentes quando estive lá, mas não percebi grandes diferenças entre o sabor. É um peixe frito, com batata frita, ou seja não é exatamente a melhor opção para quem quer se manter saudável.
Outro prato tipicamente inglês que tive a oportunidade de provar por lá foi o Toad in the Hole, que é uma espécie de torta quente assada feita com salsichas. Achei bem mais interessante que o Fish and Chips.
Entre as opçoes de restaurantes na rua, há um pouco de tudo e como uma boa cidade grande é diversas opções de fast-foods. Agora há uma preocupação muito grande lá em oferecer opções de comida vegan. Não é difícil encontrar um restaurante apenas vegan ou ao menos restaurarantes que ofereçam esta opção.
O equivalente ao nosso PF (prato-feito) são os restaurantes take-away chineses e indianos espalhados pela cidade. Neles, o atendente monta a sua quentinha com cerca de 3 opções por preços normalmente na casa das três libras. É uma das opções mais barata de refeições, e vou te falar, eu até que gostei das poucas vezes que comi.
Pret, ai que saudade…
 
Mas a grande revelação que tive da cozinha inglesa atende pelo nome de Pret-a-Manger. Ué mas isso não é francês? Não, é apenas uma jogada de marketing mesmo. Escolheram um nome afrancesado para montar uma deliciosa rede de fast-food de alimentos saudáveis. Sério mesmo. Se você procura um lugar descolado para jantar, esquece. O Pret é uma ótima opção para o dia-a-dia. Em New York, a rede foi anunciada como “the best british invasion since The Beatles”. As saladas são sempre frescas e deliciosos sanduiches são todos feitos no dia. O atendimento é rápido e eficiente como bom take-away deve ser. E o preço também é em conta. Eu e minha esposa viramos fã do Pret. Era ótimo pois rapidamente conseguiamos pegar uma boa refeição, que é saudável e alimenta ao mesmo tempo, e saíamos para comer em alguma praça ou parque ou mesmo na borda do Tâmisa. Recomendo!
Borough Market

 

Borough Market num sábado a tarde
 
Para quem gosta de fazer o tour gastronomico, o Borough Market é uma parada obrigatória na visita a cidade. Dentro de um grande galpão, há diversas barracas de países e regiões diferentes que oferecem comidas típicas por preços relativamente baixos. É basicamente uma grande feira, onde é possível degustar as comidinhas pois quase todas as barracas deixam você pegar uma provinha. Tem queijos, temperos, pães, carnes, linguiças, pimentas, frutas, bebidas, enfim uma variedade incrível de alimentos.
Raclette
 
É um passeio que normalmente não figura nos guias de turismo, mas vale muito a pena, se quiser fazer uma aventura gastronomica. Eu resolvi ir lá num sábado, e acabei almoçando uma raclette. Nunca nem havia ouvido falar do prato e adorei. É um prato franco-suíço que consiste basicamente num queijo aquecido como um galeto de padaria que é colocado derretido no prato e vem acompanhado de batatas e cebolas. Um pouco heavy mas bem gostoso.
Escrito por Claudio Lemos