grand place grote markt praça bruxelas brussels at night
Grand Place iluminada a noite

 

Esse é  o tipo do título marketeiro. Capital da Europa? Bruxelas? Sério? Não que seja mentira, afinal é lá que está sediada a União Européia. Daí a ter uma vida pulsante como Londres ou Paris, são outros quinhentos… Agora falando especificamente de Bruxelas, a cidade não pede muitos dias não. Para ser sincero em um dia daria para ver tudo isso aqui eu escrevo embaixo, mas acabamos ficando dois dias por lá, o que foi até bom pois permitiu que bebêssemos um pouco mais de cerveja  : )

grand place crowd day dia turistas bruxelas
Uma panorâmica da Grand Place

A cidade tem um marco central que te faz querer ficar ali vendo o tempo passar. Trata-se da Grote Mkt ou Grand Place, depende da língua que você queira escolher afinal são dois idiomas oficiais: francês e holandês. Mas o que interessa é que essa praça é linda! Totalmente ladeada por prédios superantigos e com função social ativa na cidade. Se não me engano, um deles abriga a prefeitura.

Ruazinhas para pedestres que dão acesso a praça

As vias do entorno da praça são vedadas para carros, então pode-se caminhar livremente por ali. Há alguns artistas de rua vendendo suas artes, floriculturas e uns cafés para tomar aquela cerveja maneira. Ali nos arredores você encontrar as diversas filiais do Delirium Café, um templo dos cervejeiros com uma carta com  mais de 2500 tipos de cerveja (!).

Decoração no teto do Delirium Café
Outra filial do Delirium ali nas proximidades da Grand Place
Como é que se faz para escolher cerveja no Delirium Café?

Há ainda boas opções de casas especializadas em chocolates como a Pierre Marcolini aonde o chocolate é tão gostoso quanto sua apresentação.

Pierre Marcolini uma chocolateria ou casa do demônio hehehe
“Um de cada, por favor!”
Incríveis!

Outro ponto famoso turístico na cidade é a estátua do Manequipis, que fica a poucas quadras da Grote Mkt. Trata-se de uma fonte com a figura de um menininho miijando. Não sei exatamente porque isso virou turístico, mas taí a foto do tal moleque mijão.

To ainda tentando entender porque essa estátua ficou famosa…

Demos a sorte de pegar a fantástica exposição do Leonardo Da Vinci que estava sendo exibida na Bolsa de Valores de Bruxelas. É uma expo incrível aonde construíram réplicas de vários projetos deixados por Da Vinci. Show!

Cagada turistica: estar na cidade durante a expo do Da Vinci

A imagem ícone de Bruxelas talvez seja mesmo a do Atomium que é um prédio-instalação um pouco mais afastado do centro da cidade (o metro te deixa lá na cara do gol) cuja forma lembra um átomo dããã! É um museu que tem uma visita guiada e você vai passando por dentro daquela estrutura super diferente. Bacaninha. Ali do lado também tem um parente do Mini-Mundo de Gramado que reproduz cenários europeus. Vendo lá de cima do Atomium, não pareceu nada demais, mas para quem viaja com crianças é uma boa pedida.

O metro funcionando em perfeita ordem
 Atomium, o ícone de Bruxelas
Um dos poucos lugares que consegui comer bem em Bruxelas. Vale a visita, come-se de pé nos bistrôs mas os peixes são ótimos e ainda dá pra beber um bom vinho
Esse atum tava sensacional!

Bom esse basicamente foi meu saldo de Bruxelas. Se vale a pena ou não, acho que é mais uma questão do objetivo da sua viagem. Se as cervejas lhe atraem, vá.

Escrito por Claudio Lemos